xbox jogos promoção

Milho: Alta do dólar impulsiona e mercado sobe pelo 4º dia consecutivo na BM&F Bovespa

Publicado em 30/01/2015 12:02

Diante da forte alta do dólar, o mercado do milho na BM&F Bovespa opera em campo positivo na sessão desta sexta-feira. Por volta das 11h56 (horário de Brasília), as principais posições da commodity registravam ganhos entre 0,64% e 1,43%. O vencimento março/15 era cotado a a R$ 28,40 a saca, após ter fechado o dia anterior a R$ 28,00 a saca. 

Pelo quarto dia consecutivo as cotações futuras acompanham a movimentação do dólar e exibem ganhos. Nesta sexta-feira, o câmbio trabalha em forte alta, por volta das 12 h, a moeda norte-americana registrava ganho de 2,63%, a R$ 2,6808 na venda.

De acordo com informações reportadas pelo site G1, o movimento é decorrente do resultado do PIB (Produto Interno Bruto) dos EUA em 2014, que cresceu 2,4%. Paralelamente, o mercado também repercute as declarações do novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, de que o real não deve permanecer valorizado artificialmente.

Ao longo dos últimos dias, os preços do milho na bolsa brasileira também esboçaram uma recuperação após as perdas expressivas observadas recentemente. Em relação à safra do Brasil, a redução na primeira safra e o clima irregular, são fatores que já foram precificados pelo mercado.

Ainda assim, a expectativa é que a partir de fevereiro o mercado começa a observar melhor a situação da segunda safra. Em muitas regiões onde o plantio da soja atrasou devido ao clima irregular, a perspectiva é de redução na área cultivada com o grão. Isso sem contar a diminuição dos investimentos em tecnologia, em função do maior risco. 

Bolsa de Chicago

Na Bolsa de Chicago (CBOT), os futuros do milho ampliaram as perdas no pregão desta sexta-feira (30). Por volta das 12h49 (horário de Brasília), os futuros do cereal apresentam quedas entre 3,75 e 4,25 pontos. A posição março/15 era negociada a R$ 3,67 por bushel, abaixo do patamar de fechamento do dia anterior, de US$ 3,71 por bushel.

Em meio à falta de informações, o mercado ainda caminha de lado e opera de forma mais técnica nesse momento. Na sessão anterior, os preços registraram leve queda entre 1,25 e 1,75 pontos. De acordo com informações reportadas por agências internacionais, os preços foram pressionados pelo recuo nas vendas para exportação, reportado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

Até o dia 22 de janeiro, as vendas ficaram em 1.068,200 milhão de toneladas do grão. Em comparação com a semana passada, o percentual representa uma queda de 51%, já que no período, o número ficou em 2.185,4 milhões de toneladas. O principal comprador do milho norte-americano foi o Japão, com 440,1 mil toneladas. Para a safra nova, as vendas ficaram em 16 mil toneladas do grão. 

Em contrapartida, informações do noticiário internacional também destacam que, os participantes do mercado também começam a observar o desenvolvimento das lavouras de milho na América do Sul. E o avanço da colheita do cereal no Brasil também contribui para pressionar as cotações.

Já segue nosso Canal oficial no WhatsApp? Clique Aqui para receber em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
xbox jogos promoção

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário

    xbox jogos promoção Mapa do site